Avenida Ephigênio Salles será interditada para montagem de cobertura da passarela



Condutores que trafegam pela avenida Ephigênio Salles, zona Centro-Sul da cidade, devem ficar atentos às mudanças no trânsito próximo à sede do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM). A partir da meia-noite de sábado, 16/9, a Prefeitura de Manaus irá interditar, parcialmente, a via, para a montagem da cobertura, do guarda-corpo e do corrimão da nova passarela.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) prevê quatro horas de interdição. Nesse período, as carretas e caminhões poderão seguir pela avenida Mário Ypiranga Monteiro e acessar outras rotas como opção. A via ficará interditada no sentido Parque 10 de Novembro, em direção à bola do Coroado.

Os veículos de porte menor deverão seguir para a rua Stênio Neves, depois acessar a avenida Umberto Calderaro, e seguir, à direita, na rua Guilherme Paraense, entrada do conjunto Morada do Sol, entrar na rua Via Láctea e retornar à avenida Ephigênio Salles.

A obra de construção da passarela na avenida Ephigênio Salles alcançou 80% do projeto executado pela Seminf e tem previsão de conclusão e entrega, conforme o corpo técnico, no mês de outubro de 2023.

“A passarela é parte de uma medida de intervenção da prefeitura, de determinação do prefeito David Almeida e do secretário de Obras, Renato Junior, para dirimir o engarrafamento na avenida, corroborado pelo semáforo e pela faixa de pedestres”, explica o engenheiro da Seminf e responsável pela obra, Kleber Fernandes.

Por se tratar de um dos principais corredores viários da cidade de Manaus, as obras que necessitam de grande intervenção na avenida Ephigênio Salles são realizadas no período da madrugada.

"Estamos trabalhando para impactar, o mínimo possível, o trânsito nessa importante avenida. Realizamos um planejamento para que as estruturas de concreto e de metal da passarela, que são pré-moldadas, sejam fabricadas em outro local e transportadas à Ephigênio Salles, para serem instaladas”, explicou Kleber Fernandes.

Recomendações

Para melhor fluidez e segurança no trânsito, a prefeitura recomenda que o condutor respeite a sinalização das vias e as orientações dos agentes; se necessitar de informações, proceda de forma a não comprometer a fluidez no trânsito; ao avistar a canalização de orientação na pista, reduza a velocidade do seu veículo para maior segurança.

O diretor de Operações do IMMU, Stanley Ventilari, explicou as alterações de trânsito. “Com o avanço das obras da passarela do TCE, na madrugada do próximo sábado, será necessária, em alguns momentos, a interdição da avenida Ephigênio Salles para o serviço de solda da estrutura da cobertura da passarela, bem como do guarda-corpo. Os condutores deverão buscar rotas alternativas para fugir ali do perímetro da avenida Ephigênio Salles, em ambos sentidos, e, em alguns momentos, haverá necessidade de interdição e desvio”, destacou o diretor.

Durante a operação, os agentes de trânsito estarão no perímetro para orientar os condutores quanto a rotas alternativas e também facilitar chegada e saída daquela área onde existem condomínios, casas de show e postos de gasolina.

Texto - Álisson Castro/IMMU e Valesca Martins/Seminf
Fotos - Márcio Melo/ Arquivo Seminf


Voltar para Página Principal